sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Passei por Minas

Ouro Preto - MG / Mariana - MG


Cidades históricas têm o poder de despertar o melhor de algumas coisas em mim. O ar gélido de Ouro Preto e suas ruas apertadinhas calçadas por pedras me deixaram inspiradas à escrever. Crônicas saíram, frases soltas entre desenhos rabiscados. Guardei-os, todos. Um dia quem sabe trago alguns para cá, ou não. Talvez meus devaneios não sejam lá grandes coisas. Não importa nada disso. 
O importante é que entre uma descoberta e outra me vi com a mente ocupada, com os olhos atentos, o olfato aguçado e paladar disponível. Viajar é descobrir, é voltar a ser criança e se fascinar em cada ruela. 

Essa viagem foi muito especial por conta de duas pessoas lindas que me fizeram feliz todos os dias. Minha irmã, parceira de todas as aventuras, e a minha prima Iza, que há muito tempo eu não via, mas que foi tão gentil que nem parecia que pouco nos falamos durante todos esses anos. Serei eternamente grata por essa viagem. 

Ah, vamos para fora! Vamos ver o que tem depois daquela subida.